Casos de meningites não contagiosos são registrados em Juiz de Fora

  • 13/03/2019
  • 0 Comentário(s)

Casos de meningites não contagiosos são registrados em Juiz de Fora

Vigilância Epidemiológica garante que não houve notificações de casos causados por bactérias ou meningocócios neste ano. Secretaria garante que não há motivo para preocupação.


Quatro pacientes de idades não divulgadas foram diagnosticados com meningite em Juiz de Fora neste ano. A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde garante que não há motivo para preocupação, porque os casos não eram dos tipos mais graves.

"Todos os casos foram causados por agentes não contagiosos. Não houve registro de meningites bacterianas ou de meningocócica neste ano na cidade. E são doenças de comunicação compulsória e obrigatória pelos hospitais", explicou a médica do setor, Sônia Rodrigues ao G1.

De acordo com o setor, em todo o ano de 2018, foram 22 casos e três mortes por meningite por diversos agentes causadores. Três pacientes - um veio a óbito - tiveram o diagnóstico de meningite meningocócia confirmado.

"Não há motivo para as pessoas ficarem apavoradas. As vacinas para a doença fazem parte do calendário da rotina do Serviço Único de Saúde (SUS) desde a década de 1990. Estamos vendo cada vez menos crianças e jovens com esta doença porque estão imunizados e protegidos", ressaltou a médica.

Segundo Sônia Rodrigues, quem apresentar sintomas, tiver dúvidas sobre diagnóstico ou sobre a necessidade de vacinação deve procurar o médico.

"Os sintomas são febre alta, vômito, dor de cabeça e mal estar, que ocorrem também em diferentes outras doenças. Por isso é necessário ter o atendimento médico para o diagnóstico correto. E a meningite é uma transmitida pelas vias respiratórias, como outras, por isso, uma das formas de prevenção, além da vacina em dia, é manter o ambiente arejado, aberto e limpo", ressaltou.

Vacinação
Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece no calendário básico vacinas que protegem contra vários agentes causadores da meningite, como a BCG, que protege contra a meningite tuberculosa, e tríplice viral, que imuniza pacientes contra meningite por sarampo e caxumba.

O calendário básico de vacinação pode ser acessado no site do Ministério da Saúde.

Além destas, são ofertadas pelo SUS a vacina pentavalente, que protege contra a meningite por Haemofilos influenzae B em crianças abaixo de cinco anos, a vacina meningocócica C conjugada, que protege contra meningite Meningocócica do tipo C, e vacinas pneumocócicas conjugadas 10 valente, que protege contra 10 tipos de meningite pneumocócica e que corresponde ao conjunto de vacinas consideradas de interesse prioritário à saúde pública do país.

Além disso, a SES-MG afirma que o setor privado também oferece outras vacinas, de maneira comercializada, que servem como alternativas disponíveis para quem possa pagar.

Fonte: G1

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Rede Transamérica

Programação Normal

Peça Sua Música

Whatsapp (32)99909-0816


Top 5

top1
1. Felipe Araújo Feat. Ferrugem

Atrasadinha

top2
2. Gusttavo Lima

Zé da Recaída

top3
3. Wesley Safadão

Só Pra Castigar

top4
4. Zé Neto e Cristiano

Notificação Preferida

top5
5. Luan Santana Feat. Jorge e Mateus

Sofazinho

Anunciantes